Atualizado: 14 de Julho, de 2017

Alguém acreditou em mim – Agostinho

Com 8 anos comecei a me tornar um criança rebelde, revoltado em casa, nervoso e agressivo com as pessoas, na escola era mau exemplo, tinha más notas e reprovei, isso durou por alguns anos, não tinha perspectiva nenhuma.

Tudo piorou quando conheci a pornografia, através de uma revista e depois filmes pornográficos na internet, e logo fiquei viciado ao ponto de ver vários filmes ao dia, acordar de madrugada para assistir a esse tipo de filme, comecei a ter relações com raparigas, mas era muito infeliz e vazio ao ponto que cheguei a me relacionar com um rapaz, depois usei drogas e conheci um grupo de amizades onde me viciei também no álcool, comecei a roubar e a sair a noite, foi assim que cheguei ao FJU.

Foi ai que decidi abraçar a oportunidade. Quando cheguei a FJU e me apresentaram uma fé inteligente, aprendi que ser de Deus não significa deixar de ser jovem, mas é ser um jovem consciente que sabe fazer a escolha certa, hoje sou feliz, tenho paz comigo mesmo, não tenho nenhum vício tenho o meu carro, a minha empresa, trabalho e sou bem sucedido.

Agostinho Mata
FJU Coimbra

Deixe um comentário

Faz login através destas redes sociais:

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *